RSS

Produtividade 2009 – primeiro semestre

06 Ago

Fechei hoje os dados da minha produtividade no primeiro semestre de 2009. Ei-los:


AUDIÊNCIAS
SENTENÇAS MÉRITO
SENTENÇAS OUTRAS
DECISÕES
DESPACHOS
JANEIRO
2
5
40
7
119
FEVEREIRO
79
49
98
22
755
MARÇO
70
40
49
28
598
ABRIL
58
36
66
28
373
MAIO
96
43
54
38
411
JUNHO
87
68
52
77
665
TOTAL
392
241
359
200
2921
MÉDIA
71,27
43,82
65,27
36,36
531,09

Em janeiro estive de férias e trabalhei apenas 10 dias. Portanto, para obter a média acima, dividi os totais por 5,5, considerando, assim, ter trabalhado cinco meses e meio.

Assim, proferi, em média, 43,82 sentenças de mérito por mês, 65,27 sentenças diversas, 36,36 decisões interlocutórias e 531 despachos, além de ter realizado 71,27 audiências.

O importante do controle da produtividade é a comparação com séries históricas, para avaliar performances e nortear mudanças e aprimoramentos. Assim, comparando os dados com minha produtividade média em 2008 (que postei aqui), já arredondando os números, temos a seguinte situação:

Produtividade média mensal 2008/2009

Verifica-se, assim, que no período o número de sentenças de mérito e de sentenças diversas manteve-se mais ou menos uniforme, com pequena variação. O número de audiências mensais diminuiu 25% (provavelmente por conta da implantação do sistema de gravação digital, porque, em decorrência dele, a pauta está bem mais curta) e o número de decisões interlocutórias caiu 44% (estranho, porque achei que este ano vieram mais liminares que ano passado).

Por fim, a diminuição mais drástica foi de despachos (47%) e esse fenômeno foi proposital. A fim de racionalizar o trâmite de processos, passei a adotar medidas a fim de evitar o retorno desnecessário de autos à conclusão. Assim, baixei portarias padronizando rotinas e delegando a prática de atos processuais e meus despachos passaram a ser mais longos, prevendo hipóteses do andamento processual.

Com isso, evita-se de o processo ficar voltando ao gabinete apenas para receber um despacho simples que já poderia ter sido acrescentado ao despacho anterior.

Os resultados são evidentes: o número de despachos caiu, o que oportunizou mais tempo para prolação de sentenças e decisões.

De resto, o melhor de tudo é que o trabalho está em dia: hoje não há processos conclusos para sentença e quando chegam são sentenciados rapidamente. A pauta está em ordem (para outubro, considerando que em agosto estarei de férias, exceto quanto a feitos previdenciários, que está em novembro) e os processos têm sido concluídos mais rapidamente.

Advertisements
 
2 Comentários

Publicado por em Agosto 6, 2009 em Produtividade

 

2 responses to “Produtividade 2009 – primeiro semestre

  1. Hélio

    Agosto 7, 2009 at 3:25 am

    Marcelo, seria bom que houvesse juizes como voce aqui no TJ/BA

     
  2. Isra

    Agosto 13, 2009 at 12:58 am

    O Helio falou tudo jovem! Se todos tivessem as mesmas atitudes que você certamente o Judiciário teria outra cara. Vc é um excelente exemplo.
    Saudações mineirinhas.

     

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: