RSS

CNJ perdulário

30 Jul

O site Contas Abertas informa que entre 2007 e 2008 o CNJ gastou R$ 1,7 milhão com diárias, 78,6% mais que o STF e o STJ juntos. A mesma matéria informa que o Senado Federal, no mesmo período, gastou R$ 1,6 milhão com diárias e a Câmara, com mais de 500 deputados, fora os servidores, gastou R$ 2 milhões.

Respondam-me os defensores do CNJ: quem controla o Conselhão?

Analisando tudo o que tem sido feito por ele (no geral, erra mais que acerta), cabe indagar: esse órgão justifica o que é gasto nele? O custo-benefício é razoável?

A cada dia que passa, vejo claramente que a resposta é negativa. Sob o pretexto de se estabelecer o controle externo do Judiciário, criou-se um Leviatã, que gasta mais que Tribunal Superior, decide menos (e muitas vezes decide onde não deveria decidir) e não executa as tarefas de planejamento central a contento (basta ver, por exemplo, a superficialidade do relatório Justiça Aberta).

Fora isso, cabe mencionar: o CNJ está julgando a possibilidade de instituição de auxílio moradia para juízes pelos Estados. Caminhava-se para uma resposta negativa (ou extremamente restritiva) acerca do tema. Agora que o órgão deu o mau exemplo, como decidirá? Logo veremos.

Advertisements
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em Julho 30, 2008 em Outros posts

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: